Vacinas estão chegando rapidamente em países ricos, mas não em mais pobres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, declarou nesta segunda, 25, que as vacinas desenvolvidas para prevenir a covid-19 estão chegando rapidamente a países mais ricos, o que pode deixar os países mais pobres desamparados.

“Vacinas estão chegando rapidamente em países de alta renda, mas não nos mais pobres. Vacinas precisam ser bens comuns globais”, disse, durante o Fórum Econômico Mundial, habitualmente sediado em Davos, mas que ocorre de modo virtual nesta edição devido à pandemia. O secretário-geral da ONU citou a importância do Covax, iniciativa global Covax para distribuição de vacinas.

Guterres afirmou ainda que é necessário imunizar países em desenvolvimento juntamente com países mais avançados a fim de evitar novas variantes e mutações do novo coronavírus.

“É crucial fazer vacinas acessíveis a, pelo menos, 20% de população em países em desenvolvimento. Se o Hemisfério Sul ficar sem imunização, o vírus terá novas mutações e não conseguiremos pará-lo.

Onde Investir 2021
Baixe de graça o ebook e participe do evento com os melhores especialistas do mercado:

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

The post Vacinas estão chegando rapidamente em países ricos, mas não em mais pobres appeared first on InfoMoney.

Deixe um comentário